Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alinhavo de poesias

Alinhavo de poesias

15
Dez18

O Outono despede-se ...

Filomena

O Outono despede-se  ,

lá fora  o uhúu do vento 

remete-me para a infância 

com  as  árvores a dobrarem-se 

e a serem desfolhadas 

num apetite do tempo 

para assustar meninos 

que na noite 

se escondiam nos lençóis

dos rumores das alminhas  ,

e assim se preparava 

a chegada 

do solestício de Inverno 

e a festa de Natal 

com a magia 

do nascimento de Jesus 

e a chegada dos presentes  ...

E com este desagravo 

o Senhor vento 

saltitava nos velhos contos 

e enchia de respeito 

a reunião familiar 

e já me esquecia 

da douta chuva 

que nunca faltava 

a estes armísticios  ...

25
Set18

O outono desce à vila ...

Filomena

 

O outono desce à vila

nos seus caprichos

de veraneio

chapéu de abas largas

a moderar o dourado da luz

num estilo que lhe é muito próprio

e desportivo ,alegra-nos

com um sabor leve ,

trajes ligeiros ,

desafiando-nos 

para um passeio a pé ,

no ditame

da sua descontraída feição ...

E nós

aproveitamos-lhe a descontracção

e sonhamos com ele

a doçura das novidades

que sempre nos traz

louvando a Deus

pelas maravilhas

que se nos vai dar viver

neste correr do tempo

que queremos do homem novo

compreensivo e solidário

participativo e simpático

apto para os afazeres

que este nosso planeta precisa

e nos propõe ...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D