Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alinhavo de poesias

Alinhavo de poesias

25
Nov18

No traço do poema ...

Filomena

No traço do poema 

desdobro as caras do Outono 

hoje trovejado duma chuva miúda 

e sulcado pelo corolário das brisas 

ensopando o tronco das árvores 

e sorrindo no cair da folha 

bailando sem um porquê 

que o tempo não contabiliza 

e evadindo-se 

num bafejado sopro de ar 

para o céu cinzento e claro  ...

E num dedo de encanto 

às vezes esgrime-se o azul 

e as figuras das pesadas nuvens 

de cores mistas 

do branco ao escuro cinzento 

ao madrepérola 

debroando as costas do mar 

num eterno engenho 

até à progressão para um embaciado 

e nublado céu 

cruzando as paisagens  ...

Só as gaivotas 

nos seus planares 

aqui sonham a liberdade de existir 

levando-nos com elas 

para o desafio de intuir 

a criatividade inteligente 

desse abrir do coração e da alma 

às naturais linguagens da criação divina ...

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D