Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alinhavo de poesias

Alinhavo de poesias

26
Nov18

Na vertigem do azul...

Filomena

Na vertigem do azul 

sustento o voo silábico 

da génese pronunciada 

das palavras 

e acordo fadas e anjos 

para esse alvorecer único 

num desígnio do amor 

que reconstruo da água 

e do seu aroma de sal 

para viver a carícia 

da pele sobre a pele 

e me enrolar 

no definitivo ardor da vida 

numa primícia que sacia 

a lembrança 

de dois corpos apaixonados 

dançando a música das tulipas 

e refrescando-se 

na ingenuidade e beleza 

de se pertencerem 

até ao último dos seus dias 

unidos pelo um elo 

humanamente divino ...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D